Educação Educação

Estudante brasileira ganha bolsa de R$ 2 milhões para estudar nos EUA

Nicole Vieira, 18 anos,  vai estudar na Universidade de Columbia, em Nova York, com bolsa integral e sonha ser astronauta

25/05/2021 10h15
Por: Redação Fonte: R7 - Karla Dunder, do R7
Nicole Vieira, 18 anos, aprovada na Univerisade de Columbia nos Estados Unidos - (Foto: Arquivo Pessoal)
Nicole Vieira, 18 anos, aprovada na Univerisade de Columbia nos Estados Unidos - (Foto: Arquivo Pessoal)

A jovem Nicole Vieira, 18 anos, conseguiu uma bolsa integral no valor de R$ 2 milhões para estudar na Universidade de Columbia, em Nova York, nos Estados Unidos. A menina, que sempre se destacou nos estudos e em competições de conhecimento, sonha ser astronauta.

Nicole também foi selecionada para o programa “Science Research Fellow”, uma comunidade científica que coloca jovens em contato direto com professores vencedores do Prêmio Nobel.

Pesquise como uma garota

Moradora de Goiania,  Nicole se inspirou na determinação e coragem da mãe e da avó. "Elas sempre me incentivaram a estudar e me deram força para que eu pudesse chegar onde cheguei", diz. A paixão pela ciência, que a levou a escolher o curso de física e ciência da computação na universidade, começou no ensino médio.

Nicole com a mãe e a avó:
Nicole com a mãe e a avó: "inspiração - (Foto: Arquivo Pessoal)

"Tive a oportunidade de participar de diferentes competições e olimpíadas de conhecimento, mas sempre busquei ir além, estudar mais e percebi que isso poderia me ajudar a aprimorar meu currículo", conta Nicole. Ela destaca a participação na International Young Physicists Tournament (IYPT), conhecida como Copa do Mundo de Física, que rendeu uma medalha de bronze.

"A bolsa é consequência do meu esforço, me dediquei muito para conseguir estudar fora do Brasil e só me inscrevi nas universidades que poderiam me dar bolsa de estudos integral", diz. Com passagens compradas para embarcar em agosto, Nicole sonha alto. "Quero muito me dedicar a ser astronauta e voltar ao Brasil para ampliar a pesquisa por aqui."