Geral Deputado Antonio Vaz

Projeto de incentivo a doação de medula óssea do deputado Antonio Vaz é aprovado em 1° discussão

O parlamentar reiterou a importância de haver aumento no estoque de sangue e medula do Hemosul-MS

14/09/2021 11h22
Por: Silvio Dias Fonte: Assessoria de Comunicação
Deputado Antonio Vaz (Republicanos)
Deputado Antonio Vaz (Republicanos)

Foi aprovado em primeira discussão na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 59/2021 do deputado estadual Antonio Vaz (Republicanos) que cria o  Programa “Jovem Doador”, a campanha consiste no incentivo à doação de sangue e medula óssea, para aumentar o estoque e atender ao grande aumento da demanda durante o período de férias e fim de ano. 

O parlamentar reiterou  a importância de haver aumento no estoque de sangue e medula do Hemosul-MS, a doação de sangue vai sempre salvar muitas vidas. “É importante incentivar os jovens sul-mato-grossenses a serem doadores de sangue, aumentando assim o estoque de sangue e medula óssea no Hemosul”, destacou Vaz. 

A doação de sangue representa a esperança de pessoas em condições delicadas de saúde, tais como as que sofreram grandes queimaduras, pacientes com câncer, pessoas submetidas a grandes cirurgias ou que passaram por hemorragias, entre outras. 

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, apenas 1,7% da população brasileira é doadora. O recomendado pela entidade é de 3% a 5%. O Ministério da Saúde reduziu a idade mínima de 18

para 16 anos (com autorização do responsável) e aumentou de 67 para 69 anos a idade máxima para

doação de sangue no país, numa tentativa de permitir que os hemocentros disponham de um nível

mínimo necessário ao atendimento da demanda. De acordo com dados do IBGE, existem no Brasil

cerca de 1,3 milhão de pessoas entre 15 e 19 anos, sendo que no ano de 2019, menos de 10 mil

jovens entre 16 a 20 anos decidiram doar sangue.