Ondas de assaltos tem aumentado nos últimos dias em Ponta Porã

0
56

Em Ponta Porã MS, cidade que faz fronteira com o Paraguai, registra quatro ações de assalto a mão armada nos últimos dias

A primeira ação foi registrada no Jardim Vitória onde um comerciante foi surpreendido pelo assaltante que com arma em mão exigiu, que a vítima lhe entregasse cerveja e leite, além de se apoderar de aproximadamente 800 Reais em créditos para celular e 180 Reais em mercadorias, o proprietário do comercio realizou o Boletim de Ocorrência no segundo DP da Policia Civil.

O segundo caso,ocorreu no centro da cidade onde um casal a bordo de motocicleta anunciaram o assalto a vítima que transitava pela rua Marechal Floriano e levaram todos os seus pertences que estavam em uma bolsa, após tomar os pertences da vítima os assaltantes fugiram em direção a cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, a vítima registrou um Boletim de Ocorrência na primeira delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã.

No terceiro caso, a vítima ao ajudar um amigo a levar combustível até um veículo, que estava estacionado na Av. Brasil na área central de Ponta Porã, acabou sendo assaltado por dois indivíduos que se passam por catadores de latinhas que com arma em punho anunciaram o assalto e se apoderaram do veículo e tomaram rumo ignorado.

O quarto caso, ocorreu na tarde de terça feira (13) por volta das 17:30hs, quando a vítima transitava em uma motocicleta na Rua Deputado Aral Moreira, quando dois indivíduos que transitavam a bordo de uma moto estrangeira e ao alcançar a vítima anunciaram o assalto dizendo “Perdeu” levando a motocicleta.

A ação dos bandidos tem causado grandes prejuízos as vítimas que ficaram sem os seus pertences e bens pessoais, além do trauma. Qualquer informação sobre assaltantes e foragidos da justiça podem ser informadas pela população com todo o sigilo e anonimato no 190 da Policia Militar, 153 da Guarda Civil Municipal de Fronteira e no (67) 9 98022465 disque denúncia do SIG (Setor de Investigação Geral) da Policia Civil.

 

Deixe uma resposta