domingo, 22 de outubro de 201722/10/2017
67 99855 4055
Site
PONTA PORÃ
Denuncia: demora na entrega de corpo de falecido em acidente gera revolta e indignação de famílias em Ponta Porã.
Segundo informações o IML estaria trabalhando em situação caótica.
Silvio Dias Ponta Porã - MS
Postada em 25/09/2017 ás 10h18
Denuncia: demora na entrega de corpo de falecido em acidente gera revolta e indignação de famílias em Ponta Porã.

Jornalista Lile Corrêa durante entrevista com familiares que denunciaram o descaso.

Demora na entrega de corpo de vítima que perdeu a vida em acidente, gera revolta e indignação de familiares de em Ponta Porã.


Na manhã desta segunda-feira (25) Paola Batista Matozo solicitou a presença da Imprensa para denunciar “descaso” no atendimento no IML – Instituto Médico Legal, localizado na Rua Jorge Roberto Salomão, 473 – Jardim Ipanema, Ponta Porã.


Paola Matozo informou, ao jornalista Lile Corrêa, que seu pai Paulo Jorge faleceu por volta das 17:30hs de domingo (24) após sofrer um acidente no bairro Marambaia de Ponta Porã de onde o mesmo foi auxiliado até o Hospital regional da cidade onde ao não resistir entrou em óbito e deveria ser encaminhado ao IML mas isto só aconteceu na manhã de segunda feira 08 horas após a morte da vítima.


“conseguimos liberar o corpo através da ajuda da Policia Civil e Policia Militar, não conseguimos falar com o responsável do IML, achamos a casa dele e pedimos para abrir o IML, e ele falou que não viria abrir porque o médico plantonista informou que já era tarde e não iria até o local, hoje segunda feira as 07:00hs da manhã o corpo do meu pai foi trazido pra cá, a gente não aceita esse descaso público, velamos o meu pai a noite toda sem o corpo é um descaso”, manifestou um dos familiares da vítima.


Já os responsáveis pelo IML de Ponta Porã manifestaram que a demora se deu por causa da liberação dos papeis, “já eram 22:00hs quando conversei com o médico plantonista Dr. Roney que me falou que já era tarde e que só iria pela manhã para realizar os procedimentos de rigor, cheguei aqui as 06:00hs e iniciei os trabalho”, pontualizou um dos responsáveis do IML.


Segundo informações o IML de Ponta Porã estaria trabalhando em situação caótica, sem câmara fria que se encontra em situação precária além das instalações sem condições para um atendimento de acorde ao esperado pela população.


 

FONTE: Porãnews/ Redação MS Aqui
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium