domingo, 22 de outubro de 201722/10/2017
67 99855 4055
Camara
PONTA PORÃ
Câmara de Vereadores realizará reunião para tratar da insegurança na fronteira
Todos os segmentos da sociedade organizada local também foram convidados.
Silvio Dias Ponta Porã - MS
Postada em 22/08/2017 ás 11h28
Câmara de Vereadores realizará reunião para tratar da insegurança na fronteira

A Câmara Municipal de Ponta Porã realizará nesta terça-feira, 22 de agosto, às 14 horas, no Plenário Isaac Borges Capilé, uma reunião para tratar da falta de segurança na fronteira.  Os vereadores afirmam que é muito importante à participação de todos, diante dos últimos acontecimentos de violência e insegurança que assolam o município.


O presidente da Casa Legislativa, Otaviano Cardoso, disse que será o dia da “Ação de Todos em favor de Ponta Porã”. “Em momentos como esse, precisamos da união e participação de todos, pois não podemos esperar passivamente enquanto dezenas de famílias choram lágrimas de sangue e dor. Nossa cidade está vivendo a maior onda de violência e a população espera resposta imediata do poder público com ações concretas, que demonstrem verdadeira ação do Estado”, apontou Cardoso.


Foram convidadas para o evento as principais autoridades, especialmente as que atuam no setor da segurança pública em nosso município. A Câmara Municipal enviou convite para o governador, Reinaldo Azambuja, secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, Assembleia Legislativa, os senadores de Mato Grosso do Sul, Pedro Chaves, Waldemir Moka e Simone Tebet, Câmara Federal, aos juízes do Poder Judiciário Estadual, aos defensores públicos, promotores, aos membros da Justiça Federal, Procuradoria Geral do Estado, Ministério Público Federal, ao Comando Geral da Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Civil, ao Departamento de Operações de Fronteira (DOF), Exército Brasileiro, Corpo de Bombeiros, prefeito Hélio Peluffo, o vice-prefeito Caio Augusto, ao secretário municipal de Segurança Pública, Marcelino Nunes de Oliveira e autoridades do Paraguai.


Todos os segmentos da sociedade organizada local também foram convidados e, por isso, espera-se a presença de lideranças comunitárias, entidades de classe, sindicatos, associações, clubes de serviço, igrejas e demais instituições que atuam em benefício da comunidade. “Os empresários, os trabalhadores, imprensa, enfim, toda a sociedade organizada está convidada para participar desta Ação de Todos em Favor de Ponta Porã”, frisou o presidente da Câmara, Otaviano Cardoso.


 O debate que será realizado na tarde desta terça-feira se deve ao fato de que, ultimamente, a comunidade fronteiriça se assusta com a escalada da violência. Assassinatos, roubos, sequestro, são alguns dos fatos registrados nos últimos dias. Somente no lado paraguaio, este ano, já foram registrado mais de 50 homicídios, uma média de um assassinato a cada cinco dias.


 


 

FONTE: Assessoria
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium