Polícia Civil cumpre mandados na casa de dois PMs acusados de vender munição

0
59
Sargento reformado Da Rocha (de boné) chega à sede do SIG, em Dourados (Foto: Dourados News)

Policiais civis cumprem nesta sexta-feira (31) mandados de busca e apreensão na casa de dois policiais militares acusados de vender munições em Dourados, a 233 km de Campo Grande. As buscas determinadas pela Justiça estão sendo cumpridas pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil, acompanhadas pela Corregedoria da PM.

A polícia ainda não se manifestou oficialmente sobre a operação, mas a reportagem apurou que os alvos são o sargento reformado José Sampaio da Rocha e o soldado da ativa Valdemir da Silva.

O comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar em Dourados, coronel Carlos Silva, informou que o caso está sendo acompanhado pela Corregedoria-Geral da PM. O delegado regional da Polícia Civil, Lupérsio Degerone Lúcio, confirmou a operação, mas disse não ter detalhes da investigação, conduzida pelo SIG.

José Sampaio da Rosa e Valdemir são acusados de vender a criminosos da cidade as munições trazidas do Paraguai. O sargento reformado está sendo autuado em flagrante por tráfico internacional de munição, já que na casa dele foram encontradas munições de origem estrangeira calibre 38. O soldado foi levado para a 1ª Delegacia de Polícia para prestar depoimento.

Campo Grande News

Deixe uma resposta