Homem usava lava rápido como fachada para vender maconha e cocaína

0
111
Felipe Costa foi preso acusado de vender drogas em lava rápido (Foto: Divulgação)

Um comerciante de 23 anos foi preso em Dourados, a 233 km de Campo Grande, acusado de usar o lava rápido para vender maconha e cocaína. O estabelecimento comercial funcionava no Jardim Água Boa, região sul da cidade. Felipe Augusto Oliveira Costa também escondia droga em casa.

De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, do SIG (Serviço de Investigações Gerais), Felipe foi preso após a polícia receber uma denúncia de venda de droga no lava rápido. Durante buscas no local, os policiais encontraram três quilos de maconha escondidos em um sofá no escritório do estabelecimento.

Na casa de Felipe Costa, o SIG apreendeu 28 gramas de cocaína com alto grau de pureza, além de várias porções de maconha. Segundo o delegado, Felipe já tinha cumprido pena por tráfico de drogas. Ele foi atuado em flagrante pela prática do mesmo crime e a polícia pediu a decretação da sua prisão preventiva.

Campo Grande News

Deixe uma resposta