Candinho Gabínio quer cadastro das famílias beneficiadas pela tarifa social de energia elétrica

0
22
Vereador Candinho Gabinio (PSDB) Presidente da Câmara de Vereadores de Ponta Porã

O presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, Candinho Gabínio, está solicitando à Prefeitura a realização de uma ação de conscientização com a finalidade de cadastrar famílias que podem ser beneficiadas com o pagamento da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE). O objetivo do parlamentar é levar às famílias as informações necessárias para que estas possam se cadastrar junto à empresa Energisa e, assim, pagarem menos na conta de luz.

O pedido foi feito através de indicação apresentada na sessão ordinária de terça-feira, 19 de fevereiro, na Câmara Municipal de Ponta Porã. No documento encaminhado ao prefeito, Hélio Peluffo Filho, e à secretária municipal de Assistência Social, Vera Lúcia de Oliveira, o presidente explica que “esta indicação é necessária, tendo em vista que atualmente, o município de Ponta Porã possui mais de 5.000 famílias cadastradas no TSEE. Porém, mais de 3.000 famílias estão com as atualizações necessárias pendentes para que seja obtido o desconto da tarifa e outras mais de 3.000 que são aptas a aderir ao programa e por falta de conhecimento, não procuram esse serviço”, afirmou.

De acordo com Candinho, “é importante ressaltar que para se inscrever no cadastro do TSEE é necessário que a família possua uma renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional”, esclarece.

O presidente defende que a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Assistência Social atue para que essa informação chegue ao conhecimento das famílias que podem ser beneficiadas. Ele espera que este pedido seja atendido o quanto antes.

Drenagem na Escola Marly

Candinho Gabínio também apresentou indicação solicitando à Prefeitura para que seja realizado serviço de drenagem e escoamento na Rua Jorge Roberto Salomão, em frente à Escola Municipal Professora Marly Cavalheiro Rojas.

O pedido foi encaminhado ao prefeito, Hélio Peluffo, com cópia ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, André Manosso.

No pedido, o parlamentar justifica que se trata de uma solicitação dos servidores que trabalham naquela escola e de pais que possuem seus filhos matriculados naquele local, pois durante o período chuvoso a rua fica intransitável acumulando diversas poças d’água, gerando contratempos e reclamações por parte dos mesmos. “Sendo assim, solicitamos ao Secretário de Obras para que seja realizado um serviço de escoamento no referido local, de modo que o problema seja sanado e proporcione melhor mobilidade ao munícipe que utiliza aquela rua durante o dia”, afirmou Candinho pedindo urgência no atendimento deste pedido.

Deixe uma resposta