Vereadores de Ponta Porã cobram medidas de segurança para região de fronteira

0
33
Legenda: Vereadores de Ponta Porã debatem e pedem reforço policial na região de fronteira. Foto: Lécio Aguilera

A sessão ordinária realizada na tarde desta terça-feira, 13 de março foi marcada por diversas discussões relacionadas à segurança pública no município de Ponta Porã. Devido aos últimos acontecimentos, a maioria dos parlamentares propôs que seja realizada uma audiência pública com o tema “Segurança Pública na Fronteira com o Paraguai”.

O pedido dos vereadores foi fomentado após o assassinato do policial civil, Wescley Vasconcellos, ocorrido na última terça feira, 06 de março, enquanto estava em serviço. Wescley Vasconcellos foi vítima de uma emboscada juntamente com sua companheira de trabalho, que foi ferida e ainda está internada.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, vereador Candinho Gabínio, é de extrema urgência que medidas sejam tomadas em relação a segurança pública no município.

Candinho enfatizou em seu discurso na tribuna, que Ponta Porã faz parte da rota do narcotráfico, e atualmente conta com baixo índice de policiais na região. “É preciso ter mais controle, monitoramento e aumentar os policias, a frota de veículos e equipamentos na região de fronteira, para que os meliantes sejam presos e não fiquem impunes, pois como há facilidade de adentrar no país vizinho, muitos escapam”.

O presidente da Casa Legislativa reforçou o pedido após protocolar uma indicação ao Governador, Reinaldo Azambuja e ao prefeito, Hélio Peluffo, solicitando que o Poder Executivo Municipal interceda junto ao Governo do Estado do Mato Grosso do Sul de modo que as polícias existentes em nosso estado realizem uma força tarefa para aumentar a segurança. “A população está amedrontada, uma vez que há muitos casos de violência em nosso município, portanto estamos em busca de reforço policial para que os pontaporanenses possam viver com bem-estar e segurança”, disse Candinho Gabínio.

 

Deixe uma resposta