PMA prende e autua em R$ 12 mil dois pescadores com 255 kg de pescado capturados em piracema, fora da medida e com redes de pesca

0
8

Policiais do Serviço de Inteligência de Corumbá realizaram levantamentos sobre elementos que praticavam pesca predatória no rio Paraguai na região de Porto Morrinho e conseguiram informações de que dois pescadores estariam praticando pesca ontem e hoje na região. Equipes fardadas fiscalizaram rio e estradas na tentativa de localizar os infratores.

Uma equipe que fazia um bloqueio na BR 262, no km 764, abordou hoje (11) pela manhã, os pescadores em um veículo Fiat Uno e encontrou 255 kg de pescado de diversas espécies. Além de terem sido capturados durante a piracema, vários peixes apresentavam-se abaixo da medida permitida pela legislação e ainda com sinais de terem sido capturados com redes de pesca (petrechos proibidos). O pescado e o veículo foram apreendidos.

Os pescadores, de 31 e 47 anos, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Federal, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca e transporte de produto da pesca predatória. Se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Os infratores, residentes em Corumbá, também foram autuados administrativamente e multados em um total de R$ 11.840,00.

Os peixes serão doados para instituições filantrópicas, depois de periciado.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS 

Deixe uma resposta